Tag: Porto Alegre Warriors

Confira os nomes que compõem a seleção dos melhores jogadores da Copa RS

Seleção de Ataque:
QB Adriano Júnior #9 Warriors
RB Lucas Azambuja #34 Warriors
WR Daniel Nietiedt #7 Warriors
WR Arthur De Azevedo #13 Bulldogs
WR Eduardo Sperb #10 Bulldogs
TE Leandro Baltar Day #85 Warriors
LT Wellington Fonseca #77 Warriors
LG Maurício Chies #79 Ximangos
C Clério Kroth #78 Bulldogs
RG Guilherme Nunes #65 Bulldogs
RT Leonardo da Silva Nogueira #75 Warriors

Seleção de Defesa:
DL Luiz André Nunes #66 Warriors
DL Lucas Motta #94 Ximangos
DL Maicon Garcia #99 Ximangos
DL Silas Pereira #66 Warriors
LB Diego Santos #27 Bulldogs
LB Alexander da Rosa #56 Warriors
LB Leonardo Veiga #52 Raptors
CB Vinicius Marques #32 Bulldogs
CB Fabricio Schwengber #5 Bulldogs
S William Trevisan #33 Ximangos
S William Bicca #30 Bulldogs

Melhores Especialistas:
K Armando Neto #3 Bulldogs
P William Trevisan #33 Ximangos
KR Wagner Bottega #22 Ximangos
ST Matheus Klamem #11 Raptors

Jogador Mais Valioso (MVP) – Categoria Ataque:
Lucas Azambuja #34 Warriors
O running back do Porto Alegre Warriors liderou a competição em carregadas (68) e jardas terrestres (423), com um touchdown. O jogador foi também o líder absoluto em jardas totais da competição.

Jogador Mais Valioso (MVP) – Categoria Defesa:
Diego Santos #27 Bulldogs
O linebacker/running back do Bulldogs Futebol Americano foi o destaque da melhor defesa do torneio, liderando o time e ficando em segundo entre todos os jogadores em tackles (25,5) e liderou a competição em tackles para perda de jardas (10). O jogador ainda teve um fumble recuperado e um touchdown defensivo.

Jogador Mais Valioso (MVP) – Categoria Times Especiais:
Wagner Bottega #22 Ximangos
O retornador da equipe do Carlos Barbosa Ximangos liderou a competição em jardas de retorno de kickoff (205 em cinco tentativas) e punt (155 em 7 tentativas), sofrendo apenas um fumble.

Jogador Mais Valioso (MVP) – Categoria Sub-19:
Arthur de Azevedo #13 Bulldogs
O jovem wide receiver de 19 anos teve 6 carregadas para 48 jardas e 7 recepções para 104 jardas e 4 touchdowns (melhor marca da competição) durante o campeonato. Além disso, foram 4 retornos de kickoff para 88 jardas totais e 2 retornos de punt para 28 jardas.

Jogador Mais Valioso (MVP) – Categoria Offensive Lineman:
Maurício Chies #79 Ximangos
O left guard da equipe de Carlos Barbosa foi titular nas quatro partidas e ajudou na produção terrestre da equipe, que mostrou significante melhora em relação ao rendimento no primeiro semestre.

Scout de Bulldogs 7-0 Warriors – final da Copa RS 2017

A equipe do Bulldogs Futebol Americano venceu o Porto Alegre Warriors e garantiu o título da II Copa RS de Futebol Americano. Confira aqui algumas estatísticas e dados sobre o confronto.

PLACAR MAGRO
O disputado jogo de domingo teve apenas um touchdown e sete pontos. É a menor quantidade de pontos registrada em certames gaúchos em um jogo desde a primeira rodada do Gauchão 2016 (Snakes 0 x 2 Chacais).

AVANÇO INSUFICIENTE
As 214 jardas totais do ataque do Warriors para 0 pontos foi a segunda maior marca de uma equipe em uma partida sem pontos. Neste ano, pelo campeonato estadual, as 255 jardas do Snakes não foram suficientes para bater a defesa do Juventude. Em comum, o número de turnovers cometidos pelas duas equipes (4).

DEFESA IMPRESSIONANTE
Pela terceira vez na competição, a equipe do Bulldogs não cedeu pontos ao adversário. A marca alcançada pela equipe a garante como a melhor defesa de uma edição da Copa RS.

DISCIPLINA
As 12 faltas aplicadas totais é o menor número na atual edição da Copa RS.

SEM PASSES
Pela primeira vez na história da Copa RS, uma partida não teve touchdowns aéreos anotados.

FORÇA TERRESTRE
Por outro lado, pela primeira vez nesta edição, duas equipes alcançaram pelo menos cem jardas terrestres na mesma partida.

INTERCEPTAÇÕES
As 4 interceptações lançadas pela equipe do Warriors foi a sua pior marca na temporada. Além disso, foi o primeiro jogo da carreira do QB #9 Adriano pela equipe em que ele não teve um passe para touchdown.

INSUFICIENTE
Em 16 partidas na história da competição, pela primeira vez uma equipe tem mais first downs, jardas totais e mesmo assim sai derrotada.

POR POUCO
Foram poucas jardas que separaram as equipes da marca de 1000 jardas totais na competição: o Bulldogs encerrou sua participação com 922, enquanto o Warriors teve 991.

Carlos Barbosa Ximangos entra no Top 10 do Power Ranking da FGFA

Após a vitória do Carlos Barbosa Ximangos por 50 a 2 contra o Viamão Raptors pela disputa da terceira colocação da Copa RS, o Power Ranking da Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA) sofreu alterações. O time da serra subiu três posições e entra pela primeira vez no Top 10 – sai da da 12ª e ocupa a 9ª.

Outro detalhe são as inclusões do Canoas Jaguars e do Buriers Football, que passa a ocupar a vaga do São Leopoldo Mustangs, além a atualização do Porto Alegre Warriors, que se chamará Cruzeiro Lions após a Copa RS.

Confira o Power Ranking da FGFA (dezembro/2017)

Comissão Disciplinar da FGFA julga aos casos da partida entre Bulldogs 29-17 Warriors pela Copa RS

A Comissão Disciplinar da Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA) julgou os casos registrados na última partida entre Bulldogs Futebol Americano e Porto Alegre Warriors, válido pela semana 5 da temporada regular da Copa RS. O confronto foi disputado no dia 19 de novembro de 2017, no estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires. Os Bulldogs venceram os Warriors pelo placar de 29-17.

A Comissão Disciplinar tomou a decisão de absolver os atletas dos Warriors, #7 Daniel Nietiedt e #89 Guilherme Smanioto, e o jogador dos Bulldogs, #5 Fabrício Schwengber, no episódio. Foi usado como critério o Artigo 257 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): participar de rixa, conflito ou tumulto, durante a partida, prova ou equivalente. Os jogadores citados estão absolvidos da suspensão automática e poderão atuar na final marcada para o dia 17 de dezembro.

Quanto ao atleta dos Warriors, #72 Guilherme Mansson, a Comissão Disciplinar decidiu que o jogador está suspenso por uma partida. A deliberação toma como arranque o Artigo 254-A do CBJD, que trata sobre praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente. (Incluído pela Resolução CNE nº 29 de 2009).

Neste último caso, a direção do time de Porto Alegre irá apelar contra a resolução da Comissão Disciplinar.

Já o atleta dos Warriors, #9 Adriano Souza Jr., foi advertido com duas faltas pessoais por conduta antidesportiva durante a partida. Pelo Livro de Regras e Interpretações da International Federation of American Football (IFAF), Souza Jr. foi ejetado do jogo. Leva-se em conta a Regra 9, Seção 2, Artigo 6 do livro da IFAF. Qualquer treinador, jogador ou membro identificado do time com uniforme que cometer duas faltas por conduta antidesportiva no mesmo jogo será desqualificado. Souza Jr. está apto a atuar na final do dia 17.

Scout de Bulldogs 29-17 Warriors

Após a vitória do Bulldogs Futebol Americano sobre o Porto Alegre Warriors, foi decidido que a final será em Venâncio Aires, mesmo local da partida da terceira rodada de ambos os times!

ALTA PRODUÇÃO
Pela primeira vez na história da Copa duas equipes somaram mais de 220 jardas ofensivas dentro do mesmo jogo.

ATAQUE CONSTANTE
Em todos os seus jogos oficiais até então, a equipe do Warriors teve pelo menos 200 jardas ofensivas.

DOMÍNIO DA BOLA
Os Bulldogs tiveram 60 snaps ofensivos na partida, a sua maior marca em um jogo oficial, contra apenas 38 da equipe de Porto Alegre.

EFICIÊNCIA AÉREA
A equipe do Warriors anotou pelo menos dois touchdowns aéreos em todos os seus jogos na competição.

PROTEÇÃO DO QUARTERBACK
Pela sexta partida consecutiva, a linha ofensiva do Bulldogs não cedeu nenhum sack à defesa adversária.

CORRENDO COM A BOLA
42 corridas e 211 jardas: esta partida marcou a maior produção ofensiva terrestre do Bulldogs na história. Somente no drive de abertura do terceiro quarto, forma 9 corridas consecutivas.

EFICIÊNCIA AÉREA (2)
Pela segunda partida consecutiva, a equipe de Venâncio Aires marcou múltiplos touchdowns aéreos (2).

ARRISCANDO
As equipes resolveram arriscar em 4ª descidas, e foram compensadas. Foram 6 conversões de 4ª descidas, três para cada time.

TERCEIRA DESCIDA
Pela primeira vez na história, a equipe do Bulldogs não cedeu nenhuma conversão de terceira descida (o Warriors terminou o jogo 0 de 8 nesta categoria).

FALTAS DEFENSIVAS
As 9 faltas aplicadas da defesa do Warriors foi a maior marca até agora na competição.

Data da final da Copa RS entre Bulldogs e Warriors é adiada

A final da II Copa RS acontecerá em nova data, no domingo (17/12). A partida foi alterada, em um acordo entre equipes do Bulldogs Futebol Americano, Porto Alegre Warriors e Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA), para que os times finalistas possam melhor se preparar para o confronto final.

A disputa do 3º lugar da competição – entre Carlos Barbosa Ximangos e Viamão Raptors – também foi transferida. A nova data é domingo (3/12).

Saiba como terminou a temporada regular da Copa RS

 

Porto Alegre Warriors e Porto Alegre Gorillas invertem posições no Power Ranking da FGFA

Tem mudança de posição no Power Ranking da Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA). Após os resultados da semana 5 da Copa RS – de Carlos Barbosa Ximangos 55-2 Viamão Raptors e Bulldogs Futebol Americano 29-17 Porto Alegre Warriors –, os Warriors caíram uma posição na análise de desempenho.

A jovem equipe da Capital ocupa agora a décima posição. O time sede a colocação ao rival Porto Alegre Gorillas, que sobe apenas uma posição.

Saiba como foram os jogos da última semana da temporada regular da Copa RS

Resultados

Time1Q2Q3Q4QTDPATFGPontosResultado
Bulldogs Futebol Americano0881343029Vitória
Porto Alegre Warriors0140321117Derrota

Resultados

Time1Q2Q3Q4QTDPATFGPontosResultado
Carlos Barbosa Ximangos72681474155Vitória
Viamão Raptors00200002Derrota

Confira o Power ranking da FGFA

Scout de Ximangos 16-20 Warriors

INÍCIO INÉDITO

As duas vitórias nos dois primeiros jogos oficiais na modalide full pad do Warriors é um recorde no Estado.

RECORDE DE PONTOS

Os 16 pontos marcados pelos Ximangos foi a maior marca da equipe em uma partida oficial. Também foi a primeira vez que a equipe marcou dois touchdowns na mesma partida e fez uma conversão de dois pontos.

RECORDE DE PONTOS (2)

Os 37 pontos de média do Warriors nas duas primeiras partidas pela Copa é a melhor média obtida por uma equipe em seus dois primeiros jogos pela competição.

ATAQUE EM CAMPO

Os Warriors obtiveram a melhor marca em jardas totais desta edição da Copa (295), e o segundo maior número de first downs da história do torneio (16, contra 17 do Soldiers na final do ano passado e o Snakes contra o Bulldogs na 2ª rodada do mesmo ano).

FALTAS OFENSIVAS

As 101 jardas e 15 faltas assinaladas contra o ataque dos Warriors foram as maiores marcas da história da competição.

FALTAS OFENSIVAS (2)

As 10 jardas e 2 faltas assinaladas contra o ataque dos Ximangos foram as menores marcas da história da equipe.

JOGO AÉREO

As 14 recepções de passe do Warriors foi a segunda melhor marca da história do torneio (Mustangs vs Bulldogs, 19, Decisão do 3º Lugar 2016). As 178 jardas aéreas obtidas também foi a segunda melhor marca do torneio (Snakes vs Soldiers, 204, 1ª Rodada 2016). Além disso, a equipe foi a primeira a conseguir dois jogos com 3+ touchdowns na história do torneio.

JOGO AÉREO (2)

O touchdown aéreo marcado pelo Ximangos na partida foi o primeiro passe para TD da história da equipe em jogos oficiais.

ONSIDE KICK

A tentativa de onside kick da equipe do Ximangos no último quarto foi a primeira em sua história em jogos oficiais, e somente a segunda vez que isso ocorre no torneio (Soldiers vs Snakes, Final 2016).

RECUPERAÇÕES DE BOLA

Com a interceptação feita pela defesa do Ximangos, a equipe mantém uma marca histórica: em todos os jogos oficiais, a defesa forçou pelo menos um turnover.