Tag: Canoas Bulls

FGFA elege nova diretoria para biênio 2020/2021

Na noite do sábado (14), os membros filiados a Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA) elegeram a nova diretoria para o biênio 2020/2021. Deixa o cargo de presidente Ismael Ferreira e assume a gestão de Álvaro Machado.

Por se tratar de chapa única, o grupo formado por Machado foi eleito por aclamação. Compõe a direção o vice-presidente Henrique Altieri (Porto Alegre Gorillas), a secretária Djenifer Lima (Carlos Barbosa Ximangos) e a tesoureira Marília Josefiaki (Santa Cruz Chacais). O conselho fiscal e demais apoiadores são formados por Diogo Hartz (Santa Cruz Chacais), Henrique Riffel (Ijuí Drones), Renan Jung (Ijuí Drones), Rodrigo Palaver (Armada Lions Futebol Americano), Vinícus Behs (arbitragem) e Winston Ponce (Canoas Bulls).

A atual gestão passa a ser a maior em número de integrantes na história da FGFA. Apesar de exercer durante o período de 2020 a 2021, a diretoria passa a comandar as ações da federação no presente momento.

Ranking de desempenho da FGFA – junho/2019

Com o fim da temporada 2019 do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano, o Departamento de Dados e Estatísticas da Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA) atualizou o Ranking de Desempenho para o mês de junho.

Saiba como funciona o cálculo do Ranking de Desempenho

Com o avanço do Bulldogs Futebol Americano até o Gaúcho Bowl XI e a conquista do vice-campeonato, a equipe de Venâncio Aires desbancou o Porto Alegre Gorillas e assumiu a segunda colocação na classificação geral. Esta é o melhor desempenho do programa na história e desde que o Ranking passou a ser publicado.

As demais posições não sofreram alteração.

CONFIRA ABAIXO A LISTA DOS PROGRAMAS DE FUTEBOL AMERICANO POR RENDIMENTO TÉCNICO

classificação por pontos

Anterior Programas de futebol americano Campanha Pontos Atual Programas de futebol americano Campanha Pontos
Santa Maria Soldiers 3-0 18,67 Santa Maria Soldiers 5-0 23,72
Porto Alegre Gorillas 2-1 8,09 Bulldogs Futebol Americano 4-1 8,04
Bulldogs Futebol Americano 3-0 7,47 Porto Alegre Gorillas 2-2 7,25
Armada Futebol Americano 2-1 6,76 Armada Futebol Americano 2-2 5,82
Santa Cruz Chacais 1-2 5,13 Santa Cruz Chacais 1-2 5,13
Ijuí Drones 0-0 4,46 Ijuí Drones 0-0 4,46
Canoas Bulls 1-1 3,90 Canoas Bulls 1-1 3,90
Juventude Futebol Americano 1-2 3,44 Juventude Futebol Americano 1-2 3,44
Carlos Barbosa Ximangos 0-3 1,98 Carlos Barbosa Ximangos 0-3 1,98
Erechim Coroados 1-2 1,81 Erechim Coroados 1-2 1,81
Bento Gonçalves Snakes 0-2 1,33 Bento Gonçalves Snakes 0-2 1,33
Gravataí Spartans 0-0 0,31 Gravataí Spartans 0-0 0,31
Canoas Jaguars 0-0 0 Canoas Jaguars 0-0 0

O consumo através das transmissões online da temporada 2019 do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano

Os dados levantados levam em conta o número de visualizações que a transmissão ao vivo de cada partida atingiu, os compartilhamentos através dos consumidores, as reações emocionais dos usuários, o alcance de pessoas atingidas pela publicação, as visualizações únicas e os minutos totais assistidos durante a temporada 2019 do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano.

Assim como na temporada de 2018, todos os jogos tiveram suas transmissões ao vivo pelas páginas da FGFA nas redes sociais. Em 2019, também marcou a passagem das transmissões ao vivo do Facebook para o YouTube.

Como o certame do Rio Grande do Sul tem como tradição ser a primeira competição brasileira a ter o calendário definido, isso gera uma expectativa ao aguardo do kickoff.

A temporada 2019 do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano teve 17 partidas ao todo. Das quais divididas em duas etapas: fase de grupos e playoffs – mais o Gaúcho Bowl XI.

A fase de grupos, intitulada como etapa regular, teve 12 jogos e os playoffs mais o Gaúcho Bowl XI cinco.

As métricas aplicadas

Para medir os dados e obter uma análise futura sobre o ROI (retorno sobre investimento na sigla em inglês) das transmissões ao vivo pelo Facebook e YouTube, o departamento de comunicação se concentrou em unidades da métrica smart do Key Performance Indicator (Indicadores Chaves de Performance, ou KPI na sigla em inglês).

O objetivo é procurar entender o comportamento e consumo dos fãs com o futebol americano jogado no Rio Grande do Sul. O importante é saber o quão as pessoas estão engajadas com a equipe, independentemente se é um programa de futebol americano é antigo ou não.

Um dos pontos determinados para mapear o consumo são as diferenças de comportamento durante os dias da semana. Como os eventos são realizados apenas durante os finais de semana, as performances podem ser calculadas a partir do consumo entre sábados vs. domingos.

Os resultados obtidos

A competição inteira registrou 49.610 visualizações, um alcance de 188.695 usuários no Facebook e YouTube, 35.834 visualizações únicas, 514 compartilhamentos, 1.666 reações e 510.503 minutos (ou aproximadamente 354,52 dias assistidos em direto e de forma ininterrupta).

Como mencionado acima, a expectativa de ser uma das primeiras competições oficiais do ano no Brasil, a etapa regular registrou uma média de 3.309,75 visualizações por partida.

Por outro lado, com o andamento da temporada regular, o interesse pelo produto diminuiu. Com um número maior de jogos, a média pelo consumo caiu em 69%, principalmente quando houve a migração das transmissões do Facebook para o YouTube. Nas edições anteriores, os fãs foram orientados a acompanhar o produto pelo Facebook. A mudança para o YouTube teve de ser trabalhada de forma devagar para facilitar a migração dos consumidores em outro canal.

Isso também indica uma perda do empenho imediato que o futebol americano desempenha entre os fãs, assim como funciona no principal mercado nos Estados Unidos: a National Football League (NFL).

Seguindo um padrão de consumo esportivo brasileiro, os torcedores voltaram a se interessar quando a etapa regular se aproximou do final entrou no knockout stage. Os índices indicam um aumento de 103,8% em relação ao acompanhamento médio gerado pelo YouTube, quando os dois últimos jogos da etapa regular foram transmitidos pelo Facebook.

Durante os playoffs, mais o Gaúcho Bowl XI, os cinco jogos foram transmitidos pelo YouTube, se comparados com a média de visualizações durante os seis jogos transmitidos pelo mesmo canal na fase regular, houve um incremento de 27,3% na taxa média de consumo.

Sábado vs. domingo

Ao todo, foram realizados oito eventos aos sábados, contra nove aos domingos. As partidas nos sábados tiveram um alcance de 21.997 visualizações, ou 2.749,62 visualizações médias por jogo. Enquanto que aos domingos foram registrados 27.613 visualizações, ou 3.068 por partida. Caso seja eximida do cálculo o Gaúcho Bowl XI, o resultado do sábado cai para 2.745,57 visualizações por jogo.

Diferente da edição de 2018, os domingos tiveram um impacto maior de visualizações médias, alcance, visualizações únicas e reações emocionais do que aos sábados. O primeiro indicativo é a migração entre as redes sociais, uma vez que o Facebook ainda detém uma porcentagem maior de alcance entre os consumidores no Rio Grande do Sul. Outro ponto a ser destacado são os dois últimos jogos da etapa regular, que tinham um interesse maior do público por se tratar de eventos decisivos e classificatórios aos playoffs e foram transmitidos pelo Facebook.

O fato do Facebook da FGFA ter um poder de alcance maior do que o YouTube, os jogos realizados, pelo primeiro canal, aos domingos fizeram com que as taxas médias dos índices de KPI se igualassem em alguns aspectos e ultrapassasse em outros.

mapeamento de fãs nas transmissões (regular)

Mandante Resultado Visitante Visualizações Alcance VU* Compartilhamentos Reações Minutos
0-35 7.050 17.67 5.883 69 265 34.718
7-14 6.217 13.914 4.541 57 257 36.265
46-0 4.750 9.727 3.726 28 151 28.640
0-34 6.040 14.784 5.238 55 221 30.334
6-23 1.497 1.044 744 24 46 31.048
74-0 1.841 1.214 1.034 34 59 35.105
0-16 1.596 5.623 994 17 44 31.169
3-10 1.762 6.174 920 13 32 22.553
36-0 1.208 3.894 736 20 51 24.012
22-34 1.421 3.849 784 13 37 22.485
43-0 3.271 7,850 2.637 32 106 10.583
20-24 3.064 6.267 2.474 17 161 19.555

mapeamento de fãs nas transmissões (playoffs)

Mandante Resultado Visitante Visualizações Alcance VU* Compartilhamento Reações Minutos
7-33 1.590 9.472 848 18 50 29.498
65-0 1.631 13.017 1.042 25 41 22.226
20-14 1.527 10.483 946 17 60 36.396
48-8 2.366 52.499 1.677 22 52 35.637
0-40 2.779 11.209 1.610 53 77 60.249

Os resultados

Sábados vs domingos

Sábados – 21.997 visualizações, 60.171 pessoas alcançadas, 15.487 visualizações únicas, 246 compartilhamentos, 744 reações emocionais, 275.730 minutos.

Domingos – 27.613 visualizações, 119.568 pessoas alcançadas, 20.347 visualizações únicas, 268 compartilhamentos, 929 reações emocionais, 234.743 minutos.

Média aos sábados – 2.749,62 visualizações, 7.521,37 pessoas alcançadas, 1.935,87 visualizações únicas, 30,75 compartilhamentos, 93 reações emocionais, 34.466,25 minutos.

Média aos domingos – 3.068,11 visualizações, 13.285,33 pessoas alcançadas, 2.260,77 visualizações únicas, 29,77 compartilhamentos, 103,22 reações emocionais, 26.082,55 minutos.

As etapas

Regular (Facebook) – 30.392 visualizações, 70.217 pessoas alcançadas, 24.499 visualizações únicas, 258 compartilhamentos, 1.161 reações emocionais, 160.095 minutos.

Média etapa regular (Facebook) – 5.065,33 visualizações, 11.702,83 pessoas alcançadas, 4.083,16 visualizações únicas, 43 compartilhamentos, 193,5 reações emocionais, 26.682,5 minutos.

Regular (YouTube) – 9.325 visualizações, 21.798 pessoas alcançadas, 5.212 visualizações únicas, 121 compartilhamentos, 225 reações emocionais, 166.372 minutos.

Média etapa regular (YouTube) – 1.554,16 visualizações, 3.633 pessoas alcançadas, 868,66 visualizações únicas, 20,16 compartilhamentos, 37,5 reações emocionais, 27.728,66 minutos.

Regular (total) – 39.717 visualizações, 92.015 pessoas alcançadas, 29.711 visualizações únicas, 379 compartilhamentos, 1.386 reações emocionais, 326.467 minutos.

Média etapa regular (total) – 3.309,75 visualizações, 7.667,91 pessoas alcançadas, 2.475,91 visualizações únicas, 31,58 compartilhamentos, 115,5 reações emocionais, 27.205,58 minutos.

Playoffs (total) – 9.893 visualizações, 96.680 pessoas alcançadas, 6.123 visualizações únicas, 135 compartilhamentos, 280 reações emocionais, 184.006 minutos.

Média etapa playoffs – 1.978,6 visualizações, 19.336 pessoas alcançadas, 1.224,6 visualizações únicas, 27 compartilhamentos, 56 reações emocionais, 36.801,2 minutos.

Temporada 2019 do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano – 49.610 visualizações, 188.695 pessoas alcançadas, 35.834 visualizações únicas, 514 compartilhamentos, 1.666 reações emocionais, 510.503 minutos.

Média temporada 2019 do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano – 2.918 visualizações, 11.099,70 pessoas alcançadas, 2.109,67 visualizações únicas, 30,23 compartilhamentos, 98 reações emocionais, 30.029,58 minutos.

Comparação entre as temporadas 2018 e 2019

Com a mudança no algoritmo do Facebook para priorizar mais conteúdos de amigos e parentes e menos posts de empresas, marcas e fanpages, houve uma queda brusca na distribuição do conteúdo gerado pelos canais da FGFA com os seus consumidores. Outro fator que contribui para menores taxas de conversão em 2019 é a migração do Facebook para o YouTube.

Nos seis atributos levantados: visualizações; pessoas alcançadas, visualizações únicas; compartilhamentos; reações emocionais; minutos vistos, somente no último dado houve um aumento na mudança de ano, o que leva a crer que os fãs estão passando mais tempo média assistindo aos jogos.

Há quedas de 67,88% nas visualizações totais; 52,64% no número de pessoas alcançadas; 71,94% em visualizações únicas; 69,07% em compartilhamentos; 72,91% nas reações emocionais e 31,78% nos minutos totais vistos.

Como há uma diferença de 11 jogos entre um certame e outro, fica mais difícil comparar em números absolutos. Por outro lado, é o ideal bater os dados pelos seus cálculos médios. Isso ajuda a elucidar o quanto os programas estão engajados por evento.

Ao se comparar as etapas regulares (fase de grupos), as médias de 2019 apresentam queda em cinco dos seis atributos: 33,80% visualizações; 38,44% no número de pessoas alcançadas; 39,78% em visualizações únicas; 41,51% nos compartilhamentos; 42,53% nas reações emocionais. A única elevação é de 14,79% em minutos totais assistidos.

Já nos playoffs, quatro dos seis atributos também apresentaram queda: 69,56% nas visualizações; 77,95% em visualizações únicas; 62,5% em compartilhamentos; 78,03% nas reações emocionais. Foram majorados 2,4% em pessoas alcançadas; 6,05% em minutos totais assistidos.

Os resultados indicam que os fãs no Rio Grande do Sul ainda estão mais engajados com a rede social Facebook, onde eles conseguem ter maior facilidade em demonstrar as reações emocionais (gostei, amei, haha, wow, triste e raiva), do que no YouTube, onde há duas opções (gostei e não gostei). Bem como a taxa de conversão de compartilhamentos, onde no Facebook os usuários compartilham com maior facilidade do que no YouTube.

Mapeamento de público e renda da temporada regular 2019 do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano

A temporada regular do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano chegou ao fim. O Departamento de Dados e Estatística da Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA) realizou o levantamento de e mapeamento da presença de fãs na edição deste ano. O assunto visa identificar o trabalho realizado pelos programas de futebol no Rio Grande do Sul para captar consumidores a assistir os jogos in loco.

Para os eventos durante a etapa regular – ou fase de grupos – do certame estadual são levados em conta a comercialização de tickets para entrada nos jogos, o valor aproximado da renda bruta das vendas dos ingressos e seus respectivos preços pré-venda, mais a entrada de não-pagantes. Cabe ressaltar que alguns dados são apontamentos aproximados, uma vez que não foi exigida a demanda deste quesito (renda bruta em R$) aos times pelo regulamento do campeonato.

Os valores entre parênteses no item “ingresso R$” são os preços diferenciados cobrados pelos mandantes na data do jogo e não contabilizados no cálculo final da renda bruta.

mapeamento de fãs nos estádios

Mandante Resultado Visitante Estádio Ingressos vendidos Público total Renda (R$) Ocupação Ingresso (R$)
0-35 Nacional 313 206 R$ 4.695 31,69% R$ 15
7-14 Plátanos 175 212 R$ 2.012,50 6,05% R$ 8 (10)*
46-0 Montanha 235 317 R$ 1.762,50 21,13% R$ 5 (10)*
0-34 Serrano ~490 ~410 R$ 3.675 41% R$ 5 (10)*
6-23 Esperança 0 ~750 R$ 0 ???? R$ 0
74-0 Sesi Educação 0 ~450 R$ 0 150% R$ 0
0-16 Pucrs 583 629 R$ 13.117,50 29,95% R$ 20 (25)*
3-10 Serrano 219 243 R$ 1.642,50 24,30% R$ 5 (10)*
36-0 Nacional ~500 ~450 R$ 5.000 69,23% R$ 10
22-34 Montanha ~1.600 ~450 R$ 0 7,50% R$ 0
43-0 Montanha 225 225 R$ 1.687,50 15% R$ 5 (10)*
20-24 CT do Juventude 80 ~150 R$ 2.000 16,66% R$ 25

*Valores diferenciados cobrados na data de realização da partida.

Comparação entre as temporadas de 2018 e 2019

Ao todo foram comercializados 4.420 ingressos durante a etapa regular, ou uma venda média de 368,3 tickets por evento, ao preço médio de R$ 9,50 (ou R$ 12,66 eliminado os três jogos de entrada gratuita). Alguns times planejaram valores diferenciados para comercialização na data do evento. Os Gorillas majoraram 25% dos seus ingressos, enquanto que os Chacais aumentaram para 87,5% e Bulldogs e Ximangos inflacionam o valor em 100%.

Em comparação com a temporada de 2018, houve uma queda de comercialização total de ingressos em -17,39% (ou -2,89% eximido do cálculo a etapa de qualyfing). O resultado também mostra queda na presença de público total, que registrou -16,84% nos estádios (ou -1,16% sem o qualyfing). Cabe ressaltar que há uma diferença de jogos entre as fases: em 2019 são 12 jogos, em 2018 foram 21, uma diferença de nove eventos entre os certames.

Se por um lado houve uma queda nos dados totais, por outro, há um aumento na presença média, o que indica o crescimento contínuo do consumo de futebol americano no Rio Grande do Sul. A presença de público nos 12 jogos realizados na primeira fase registra 4.492 fãs, com média de 374,3 espectadores por jogo.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, indica um aumento de 117 torcedores a mais por jogo, uma elevada de 45,47% (ou +121,8 a mais, com aumento de 48,23% sem o qualyfing). Mesmo pagando mais caro pelo evento, os programas tiveram maior presença de público, o que representa um acréscimo no return on investiment (ROI).

Foi injetado na economia de todos os programas de futebol americano do Estado aproximadamente R$ 35.592,50. Uma média arrecadada em R$ 2.966,04 (ou R$ 3.954,72 eliminados os eventos gratuitos). Não estão contabilizados geração de renda por outros meios, como o consumo de produtos das copas dos estádios, a cobrança do estacionamento ou comercialização de itens das equipes, como: camisetas, bonés e demais souvenirs.

Temporada regular de 2019
Total de ingressos: 4.420
Média de ingressos comercializados por jogo: 368,3
Preço médio por jogo: R$ 9,50 ou R$ 12,66 (fora os gratuitos)
Total de fãs: 4.492
Média de fãs: 374,3
Total arrecadado: R$ 35.592,50
Média arrecadada por jogo: R$ 2.966,04 ou R$ 3.954,72

Qualifying e temporada regular de 2018
Total de ingressos: 5.351
Média de ingressos comercializados por jogo: 254,8
Preço médio por jogo: R$ 8,85
Total de fãs: 5.402
Média de fãs: 257,3
Total arrecadado: R$ 46.745,00
Média arrecadada por jogo: R$ 2.225,95

Temporada regular de 2018
Total de ingressos: 4.552
Média de ingressos comercializados por jogo: 252,8
Preço médio por jogo: R$ 9,75
Total de fãs: 4.545
Média de fãs: 252,5
Total arrecadado: R$ 38.755,00
Média arrecadada por jogo: R$ 2.153,05

Comparativo 2018/2019
Total de ingressos: -931 (diminuição de 17,39%)
Média de ingressos comercializados por jogo: +113,5 (aumento de 44,54%)
Preço médio por jogo: R$ +0,65 (aumento de 7,34%) ou R$ +3,81 (aumento de 43,05%)
Total de fãs: -910 (diminuição de 16,84%)
Média de fãs: +117 (aumento de 45,47%)
Total arrecadado: R$ -11.152,50 (diminuição de 23,85%)
Média arrecadada por jogo: R$ +740,09 (aumento de 34,59%) ou R$ +1.728,77 (aumento de 77,66%)

Comparativo 2018/2019 sem o qualyfing
Total de ingressos: -132 (diminuição de 2,89%)
Média de ingressos comercializados por jogo: +115,5 (aumento de 45,68%)
Preço médio por jogo: R$ -0,25 (diminuição de 2,56%) ou R$ +2,91 (aumento de 29,84%)
Total de fãs: -53 (diminuição de 1,16%)
Média de fãs: +121,8 (aumento de 48,23%)
Total arrecadado: R$ -3.162,50 (diminuição de 8,16%)
Média arrecadada por jogo: R$ +812,99 (aumento de 37,75%) ou R$ +1.801,67 (aumento de 83,67%)

Jogos fora da cidade sede

Dos 12 eventos realizados, quatro partidas foram disputadas fora das cidades onde o programa de futebol americano concentra suas atividades, como os casos de Armada Lions (Porto Alegre), Bulls (Canoas) e Bulldogs (Venâncio Aires).

Mesmo com a união entre Armada Futebol Americano e Cruzeiro Lions, ambos de Porto Alegre, para formar o Armada Lions Futebol Americano, houve redução no consumo em 48,5% e 17,59%, respectivamente, nos dois jogos em que os Lions foram mandantes em 2018. Todos os jogos foram realizados na mesma sede: estádio do Grêmio Nacional, em São Leopoldo. A distância de 35 quilômetros entre Porto Alegre e São Leopoldo contribui para a queda de consumo deste programa.

Os Bulls por mudar a sede para Canoas, tiveram uma leve uma alta no consumo em 50%. Em 2018, levou ~300 para assistir o derby contra a Armada, já em 2019 obteve ~450 fãs para ver o jogo contra os Coroados. A distância entre Canoas e São Leopoldo é de 20 quilômetros.

Enquanto que os Bulldogs registraram um pico e uma queda em 2019. Diferente de 2018, quando sediou o único evento no estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires, em 2019, os Dawgs jogaram duas vezes em Mato Leitão. Ao comparar os números, os Bulldogs tiveram um aumento de 26,8% no jogo contra o Juventude (estreia na competição) e uma queda de 10% na partida contra os Ximangos (jogo de menor apelo na tabela de classificação). A distância entre Venâncio Aires e Mato Leitão é de 13 quilômetros.

Jogos dentro da cidade na sede

Se em 2018 os Gorillas sediaram duas partidas em São Leopoldo, em 2019, o time trouxe o jogo para Porto Alegre. O fato de jogar na cidade sede contribuiu para o aumento de consumo. Nos dois jogos de 2018, os Gorillas levaram somado ~610 fãs no Grêmio Nacional. No jogo único de 2019, foram 629 torcedores no Parque Esportivo da Pucrs, um aumento de 65,52% e 173,47% em cada um dos eventos de 2018, ou 3,11% se comparado com a soma total.

Assim como os Gorillas, os Chacais organizaram o jogo em seus domínios. Em 2018, a matilha jogou por duas vezes no estádio Amaro Cassep, em Rio Pardo. Os dois eventos registraram a presença de público de 205 e 176 fãs, respectivamente. Em 2019, o jogo no Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul, obteve 212 torcedores, o que representa uma elevação de 3,41% e 20,45%, respectivamente. Tirar o deslocamento de quase 32 quilômetros entre as cidades trouxe benefícios ao programa.

Já o Carlos Barbosa Ximangos conseguiu manter seus jogos na mesma sede, no estádio do Clube Serrano. Em 2018 foram três jogos como mandante, que registrou a presença de ~400, ~150 e ~300 fãs, na ordem. Em 2019, foram 410 e 243 torcedores. Se comparadas as médias, os Ximangos tiveram um aumento de público em 15,24% (283,3 fãs de 2018 contra 326,5 de 2019).

Assim como os Ximangos, os Snakes trilharam o mesmo caminho e jogaram no Estádio da Montanha. A taxa comparativa do programa será a mais precisa possível, uma vez que em 2018 e 2019, o time foi mandante em apenas um jogo. No ano passado, o jogo contra os Chacais teve a presença de ~250 espectadores. Neste ano, contra o Armada Lions (que valia classificação aos playoffs) foram ~450. O índice aponta um crescimento de 80% no consumo.

Os demais programas Coroados, Juventude e Soldiers, não há como fazer comparação pelos seguintes motivos:

1. Esta é a primeira vez que os Coroados jogam o Campeonato Gaúcho;
2. Tanto Juventude quanto Soldiers largaram direto nos playoffs em 2018.

Ocupação nos estádios

A ocupação média nos estádios durante a fase regular foi de 37,5%, o resultado exclui o mando de jogo dos Coroados, uma vez que não há como saber a capacidade para receber fãs no Campo do Esperança, pois não há arquibancada. Este dado indica um aumento de 8,12% na lotação dos espaços se comparado a temporada de 2018.

Grêmio Nacional (São Leopoldo) – 2 jogos, média de 50,46%
Montanha (Mato Leitão) – 2 jogos, média de 18,06%
Serrano (Carlos Barbosa) – 2 jogos, média de 32,65%
CT do Juventude (Caxias do Sul) – 1 jogo, média de 16,66%
Esperança (Erechim) – 1 jogo, sem média (?)
Montanha (Bento Gonçalves) – 1 jogo, média de 7,50%
Plátanos (Santa Cruz do Sul) – 1 jogo, média de 6,05%
Pucrs (Porto Alegre) – 1 jogo, média de 29,95%
Sesi Educação (Santa Maria) – 1 jogo, média de 150%

O certame ainda registrou a entrada de uma cidade que nunca havia recebido uma partida oficial de futebol americano: Mato Leitão.

Sábado vs domingo

Na temporada regular de 2019, cinco jogos foram realizados aos sábados, do qual totalizou a presença total de 2.352 fãs, com uma média de 470,4 torcedores por partida. Já aos domingos foram sete jogos, que somou 2.140 fãs totais, com uma média de 305,7 pessoas por jogo.

Este dado segue a tendência indicada nos anos anteriores que os sábados registram uma presença maior de torcedores em partidas de futebol americano realizadas no Rio Grande do Sul, tanto no Campeonato Gaúcho de Futebol Americano, quanto a Copa RS.

Ranking de desempenho da FGFA – maio/2019

A temporada regular do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano chegou ao seu fim e adentramos nos playoffs. O Departamento de Dados e Estatísticas da Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA) calculou e atualizou o Ranking de Desempenho para o mês de maio de 2019.

Saiba como funciona o cálculo do Ranking de Desempenho

As duas primeiras colocações do mês anterior seguiram mantidas, com o Santa Maria Soldiers e Porto Alegre Gorillas na primeira e segunda posição, respectivamente. A mudança começa pelo Top 3, onde o Bulldogs Futebol Americano ultrapassa o rival do Vale do Rio Pardo, o Santa Cruz Chacais, e assume a terceira colocação. Este é o melhor desempenho dos Dawgs desde que o Ranking passou a ser publicado.

Outro programa que aproveitou o embalo para escalar na classificação foi o Armada Lions Futebol Americano. Após a vitória contra os Chacais, pelo wildcard, o time de Porto Alegre sobe para a quarta posição.

Por outro lado, os Allez Bleu e o Canoas Bulls despencam na tabela. Os Chacais ocupam a quinta posição, enquanto que os Touros Vermelhos estão na sétima colocação, após a aplicação do walkover (W.O.).

Quem se aproveitou da punição dos Bulls foi o Erechim Coroados, que deixa a penúltima colocação para entrar no Top 10.

CONFIRA ABAIXO A LISTA DOS PROGRAMAS DE FUTEBOL AMERICANO POR RENDIMENTO TÉCNICO

classificação por pontos

Anterior Programas de futebol americano Campanha Pontos Atual Programas de futebol americano Campanha Pontos
Santa Maria Soldiers 2-0 16,66 Santa Maria Soldiers 3-0 18,67
Porto Alegre Gorillas 1-1 6,65 Porto Alegre Gorillas 2-1 8,09
Santa Cruz Chacais 1-1 5,87 Bulldogs Futebol Americano 3-0 7,47
Bulldogs Futebol Americano 2-0 5,71 Armada Futebol Americano 2-1 6,76
Canoas Bulls 1-0 4,58 Santa Cruz Chacais 1-2 5,13
Ijuí Drones 0-0 4,46 Ijuí Drones 0-0 4,46
Juventude Futebol Americano 1-1 3,84 Canoas Bulls 1-1 3,90
Armada Lions Futebol Americano 0-1 3,47 Juventude Futebol Americano 1-2 3,44
Carlos Barbosa Ximangos 0-2 2,31 Carlos Barbosa Ximangos 0-3 1,98
Bento Gonçalves Snakes 0-1 1,50 Erechim Coroados 1-2 1,81
Gravataí Spartans 0-0 0,31 Bento Gonçalves Snakes 0-2 1,33
Erechim Coroados 0-1 0 Gravataí Spartans 0-0 0,31
Canoas Jaguars 0-0 0 Canoas Jaguars 0-0 0

Ranking de desempenho da FGFA – abril/2019

A temporada 2019 no Rio Grande do Sul já começou e o Ranking de Desempenho dos programas gaúchos foi atualizado. Sem competições organizadas pela Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA) durante o período de meio de dezembro a fevereiro, o mês de março teve o arranque do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano. Com o certame em andamento, as pontuações dos 13 programas de futebol americano foram ajustadas.

Saiba como funciona o cálculo do Ranking de Desempenho

O Ranking de Desempenho atualizado para o mês de abril de 2019 segue com a liderança do Santa Maria Soldiers. Também há a manutenção das posições de Porto Alegre Gorillas e Santa Cruz Chacais na segunda e terceira colocação, respectivamente.

Mesmo com as fusões de Armada Futebol Americano e Cruzeiro Lions, o desempenho da equipe de Porto Alegre teve queda. Até fevereiro de 2019, o time ocupava provisoriamente a quinta colocação. Com a derrota na estreia para os Soldiers, o Armada Lions desceu duas colocações.

Outro que teve uma queda vertiginosa foi o Ijuí Drones. Ao optar por não participar de competições no primeiro semestre, os Drones deixam de ocupar a quarta colocação e caem para a sexto lugar.

Por outro lado, o Bulldogs Futebol Americano e o Juventude Futebol Americano alavancaram seus rendimentos. Os Dawgs largaram da décima primeira posição para a quarta, após duas vitórias consecutivas na temporada regular do certame gaúcho. Enquanto que o programa de Caxias do Sul subiu da nona para a sétima posição.

Mais um detalhe são as subidas de Erechim Coroados, Gravataí Spartans e Canoas Jaguars, que se aproveitaram dos encerramentos de Buriers Football, Viamão Raptors e a fusão de Armada e Lions para atingir suas melhores marcas, desde que o Ranking de  Desempenho passou a ser publicado.

CONFIRA ABAIXO A LISTA DOS PROGRAMAS DE FUTEBOL AMERICANO POR RENDIMENTO TÉCNICO

classificação por pontos

Anterior Programas de futebol americano Campanha Pontos Atual Programas de futebol americano Campanha Pontos
Santa Maria Soldiers 4-0 25,45 Santa Maria Soldiers 2-0 16,66
Porto Alegre Gorillas 6-2 11,57 Porto Alegre Gorillas 1-1 6,65
Santa Cruz Chacais 5-2 10,52 Santa Cruz Chacais 1-1 5,87
Ijuí Drones 5-3 8,92 Bulldogs Futebol Americano 2-0 5,71
Cruzeiro Lions 6-4 8,43 Canoas Bulls 1-0 4,58
Armada Futebol Americano 4-2 8,02 Ijuí Drones 0-0 4,46
Carlos Barbosa Ximangos 4-3 5,96 Juventude Futebol Americano 1-1 3,84
Canoas Bulls 4-2 5,90 Armada Lions Futebol Americano 0-1 3,47
Juventude Futebol Americano 1-2 5,84 Carlos Barbosa Ximangos 0-2 2,31
Bento Gonçalves Snakes 1-4 3,64 Bento Gonçalves Snakes 0-1 1,50
Bulldogs Futebol Americano 1-4 3,56 Gravataí Spartans 0-0 0,31
Buriers Football 2-5 1,77 Erechim Coroados 0-1 0
Viamão Raptors 1-4 0,89 Canoas Jaguars 0-0 0
Gravataí Spartans 1-4 0,63
Erechim Coroados 0-3 0
Canoas Jaguars 0-2 0